27.8.17

Playlist #001: embalando a ansiedade...


Com as minhas derradeiras provas chegando, a ansiedade naturalmente encontra abrigo nesta pilha de nervos ambulante que estou. Música é algo que sempre gostei muito e até costumo colocar de fundo para embalar algumas aulas, mas, na situação atual, já se trata de uma das minhas "âncoras de sanidade" - dramaqueen, me julguem, haha! 😅

Hoje, se me pego abrindo o player, é para empurrar tudo pro lado e dançar, fazer lip sync e berrar o refrão - mas sem voz, porque isso ocorre de madrugadis, então ó o respeito. 😶 Não é do meu feitio, mas virou o jeito para extravasar um pouco essa tensão toda concentrada. Nem por isso será qualquer música que vai me fazer pular às duas da matina, né? Então, aproveitando, quero mostrar o que tem tocado aqui direto! 🎵

Imagem, de Mahmundi



Sempre acho que nasci na época errada ao me pegar curtindo músicas pop com aquela batidinha eletrônica típica dos anos 1980. A felicidade, para mim, é que vários artistas têm buscado trazer o jeitão desse tempo em novas produções ultimamente; uma delas é essa flor chamada Mahmundi, que mal conheci e considero pacas. Sei que a linha dela não é apenas essa, indo pelos caminhos do indie e do experimental, mas tenho certeza de que Imagem foi inspirada na vibe dos oitentinha e, por isso, me conquistou em cheio. 💙

Kataomoi, de Aimer



Aimer é uma artista que conheci com Dare ka, Umi wo, uma música bem densa do anime Zankyou no Terror. Desde aquele momento, achei a sua voz linda e única, mas não me liguei em seguir seus trabalhos porque aquele tipo de melodia carregada não era do meu gosto. Foi por isso que me surpreendi ao me deparar com Kataomoi, uma canção leve e romântica que conseguiu casar com a voz da Aimer tão bem quanto aquelas carregadonas. 🌸

Forevermore, de Utada Hikaru



Ai socorro, porque minha rainha Hikki tá com tudo! 😱
E quando a rainha aparece, sim, é nepotismo total e tô nem aí, haha!

Forevermore é música-tema de Gomen, Aishiteru, adaptação japonesa do K-drama I'm Sorry, I Love You. Todo o arranjo é meio dramático porque a letra fala de um amor unilateral bem devoto, o que me fez voltar para meados de 2007~2010, época em que Flavor of Life e Prisoner of Love estavam fresquinhos na cuca. Ah, que nostalgia mais gostosa! É Hikki de volta, meus amigos! 💙

Stop, de Spice Girls



Pera que agora tenho de fazer um mapa mental para explicar como chegamos nas Spice Girls. Vamo lá: por esses dias, sei lá por que, me deu na telha de assistir à cerimônia de encerramento das Olimpíadas de Londres e, entre as apresentações, estava a volta épica das meninas.

Nisso, me parei divagando sobre a época em que ouvia as músicas delas e, analisando, eu não curtia muito pois me faziam lembrar de umas panelinhas da escola que me chateavam. Bom, como esses elementos já não fazem mais parte da minha vida há muito tempo, beleza: eu finalmente daria essa chance para as Spice - e que bom que dei, pois (não deve ser novidade para muitos, mas) são músicas bem boas mesmo! 😅

Kanashii Ureshii, de Frederic



Socorro que eu não posso com música que tem palma no meio, porque já quero marcar a batida também, haha! 👏

Nas andanças pelos canais de grandes gravadoras japonesas, houve algum momento em que conferi as músicas dessa banda e não gostei muito - essa pegadinha de música infantil e 8-bit da introdução é uma constante no repertório. Contudo, fui forçada a tirar o chapéu para Kanashii Ureshii (tema do anime Koi to Uso); eita vício que não me larga mais, rapaz! *começa a bater palma junto* 😆


Peace Sign, de Yonezu Kenshi



Acabei de falar que não posso com palmas no meio das músicas, né? Olha aí, mais um exemplo da minha queda por elas, haha! 👏 De um dia para o outro, um monte de cantores amadores japoneses que acompanho começou a fazer covers dessa música, então "fui obrigada" a ir atrás da fonte de tanta inspiração... Ah, e vale a pena ver os trabalhos recentes de menino Yonezu, hein? Minha recomendação é começar com a linda orion 💙

A introdução me dá vontade de arregaçar as mangas e começar os trabalhos, sabe? Esse aí é um dos temas de abertura do anime Boku no Hero Academia - mas quem disse que estou assistindo? Pois é, ainda não deu tempo, mas é só a tormenta da prova passar que vou atrás desse e mais alguns animes na minha lista, hehe... 👊

▼▼▼

Qual é a sua música favorita nos últimos tempos?
Manda nos comentários, adoro conhecer novas playlists!

4 comentários

  1. A voz da Aimer é mesmo linda, curti. E achei o clipe dos meninos do Frederic muito interessante (e crazy). Hahaha! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoe, Camila! Tudo bom? :D

      Own, muito obrigada por ter ouvido minha seleção de músicas! E fico ainda mais feliz em saber que você curtiu algumas delas! :D

      Sempre é uma alegria e honra ter um pulinho seu registrado por aqui! ♥

      Beijos, flor~

      Excluir
  2. Spice Girls! <3 Tem como não amar?

    Quanto às outras indicações, ainda não ouvi nenhuma. Mas vou resolver isso já! :)

    ResponderExcluir
  3. Oeee! ♥

    Faz tempo que não me sinto ansiosa por coisas da faculdade (até porque terminei - dã). Mas cara, no trabalho tenho precisado MUITO de música. Assim como você, eu sempre deixo uma musiquinha rolando quando vou fazer algo. Mas esse mês tá muito tenso, estamos em treinamento e NÃO PODE OUVIR MÚSICA, pensa no quão tensa ando sem uma musiquinha pra relaxar T_T

    Adorei as músicas que você indicou. As três primeiras já estão na minha lista para ouvir mais. Acredita que eu não era de ouvir Spice Girls? Sei lá... acho que na época eu não me importava. Pq elas não são ruins. Só não gostei muito de Frederic, mas acho que é falta de costume.

    De um modo geral, adorei ♥
    Beeeijinhos,
    Pretty things

    ResponderExcluir

O Blog tem Instagram » @subindonolustre

© Subindo no Lustre. Design by Fearne.