26.2.17

BLCD Checklist: Fevereiro, 2017

Lembram-se dos gatos pingados da Checklist de janeiro? Pelo visto, era só um breve respiro para as carteiras fujoshi/fudanshi tomarem fôlego mesmo, porque olha... Fevereiro já chegou causando, com uma quantidade de lançamentos razoável - isso porque vocês não viram março; ai, meu bolso!

E tem mais: embora haja essa variedade aí embaixo, como dá para eleger um destaque se você não conhece nenhuma das histórias? Ah, pera, conheço o Kuroneko ali sim. O problema é que não dá para escolher um título que me tira do sério por ser uma enrolação só, naquele nível de Sekai-ichi Hatsukoi, né? A solução é se aventurar pelo desconhecido mesmo, hehe! Sem mais delongas, aqui estão os BL Drama CDs de fevereiro:


Destaque do Mês


Foi caminhando pelo breu que acabei conhecendo Sensei nante kirai desu., título este assinado pela Hinako-sensei! Para falar bem na verdade, eu conheço essa autora há algum tempo, desde que ouvi o BL Drama CD de Shitteru yo., mas não acompanho direto os trabalhos dela e, por isso, não sabia o que esperar deste título.

Ikuta Aoi (CV: Suzuki Yuto) é um garoto bem normal do colegial, mas tem um defeito difícil de ignorar: falar coisas desnecessárias e sem filtro algum. Já no início da história, testemunhamos sua tentativa completamente fracassada de confessar seus sentimentos a uma colega. Em vez de dizer o que todo mundo espera, Ikuta parecia mais ter chamado a garota para uma briga: "acho que você usa muita maquiagem. Seus cílios postiços são estranhos e você usa muito blush, parece uma Matrioshka!" - é, é esse o nível sem noção do moleque! O professor Shizu Takayuki (CV: Morikawa Toshiyuki) acabou ouvindo a situação e se dá ao trabalho de mostrar o "jeito certo" de lidar com uma garota ao desajeitado Ikuta, agora 100% desesperançoso diante do professor mais popular da escola.

No dia seguinte, Shizu-sensei chama Ikuta a sua sala, já interessado em mexer com o garoto por suas reações interessantes. Em meio às provocações, ele aconselha Ikuta a sempre expressar o que sente e isso acaba sendo valioso para dar um desfecho à sua experiência amorosa com a garota para quem queria se confessar. Embora esse caso tenha se resolvido, o professor não parece querer largar mão de Ikuta tão cedo, obrigando-o a ajudá-lo em tarefas corriqueiras após as aulas e, com isso, aumentando o espaço de tempo em que podem ficar juntos...


No final das contas, é mais um daqueles romances manjados entre professor com uma veia sádica e aluno sabe-de-nada-inocente, mas que é gostosinho de acompanhar vez ou outra. Ah, sim! Tem resenha de Shitteru yo. no blog também: é só clicar aqui para conferir!

Referências


Uke | Ikuta Aoi (CV: Suzuki Yuto)
Osaki Kou (Shounen Hollywood), Nomura R (Marginal #4 the Animation), Watanuki Sakuya (Servamp);

Seme | Shizu Takayuki (CV: Morikawa Toshiyuki)
Tyki Mikk (D.Gray-man), Isaka Ryuuichirou (Junjou Romantica), Namikaze Minato (Naruto Shippuden).

Confira também


Site oficial | Leia online | Resenha do blog: Shitteru yo.

2 comentários

  1. Assim que eu gosto, número de blcds aumentando!

    A história do BL de destaque é bem clichezinha mesmo, mas gostei das vozes, pelo preview aí parece que é bom.

    Queria saber um pouco mais sobre Deichuu no Hasu, no MyReadingManga só tem o mangá em coreano (acho que tem um grupo traduzindo pra inglês mas não consegui achar), mas sei que tem incesto hsuahsau' E um dos seiyuus é o Masuda Toshiki, que fez o seme de um blcd que eu ameeei que foi Toshigoro no Otokonoko to Are (e o uke era o seiyuu do Yamaguchi de Haikyuu ♡).

    Logo tem os lançamentos do mês que vem e eu não to bem não dskjhfsd

    Beijos 💛

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoe, Roberta! Tudo bom? :)

      Então, menina! Essa escolha de elenco está maravilhosa mesmo, faz tanto tempo que não ouço o Morikawa-san num BLCD que a nostalgia bate mais forte, hehe!

      Ah, sim! Eu li o RAW de Deichuu no Hasu e é um incesto meio loko mesmo. Na verdade, o pesado mesmo está na forma de pensar dos irmãos: a despeito de se prostituir, o irmão mais velho quer preservar a pureza que vê no mais novo; este, por sua vez, já se considera impuro há muito tempo, já que estava apaixonado pelo mais velho e queria muito ser o único no mundo para ele.

      Com esses sentimentos, o mais novo aturou programas do mais velho em casa e gente falando besteira sobre seu irmão por anos, mas parecia que esse estado miserável do irmão virou o seu "status quo". Quando o mais velho decide parar com a prostituição, arranjar um emprego e tentar uma vida normal, tudo começa a desmoronar para o mais novo e fica difícil também de segurar tudo o que tolerou até então. E quando o irmão trouxe alguém para casa para fazer sexo, sem querer dinheiro em troca... Vixi! Essa foi a gota d'água para toda a sua obsessão transbordar.

      Ah, o Masuda-san é ótimo mesmo, mas ainda não consigo ver ele bem como seme - embora tenha gostado do BLCD que você mencionou. O par dele é o Kobayashi Yusuke; eu gosto do que ele fez no BLCD "Suki de, Suki de", mas lembro mais dele por fazer o Su-won em Akatsuki no Yona, hehe XD

      Huahuahua, fico feliz que você esteja ansiosa pelos próximos lançamentos! ♥

      Beijos, flor~

      Excluir

O Blog tem Instagram » @subindonolustre

© Subindo no Lustre. Design by Fearne.