Nem entramos, mas j√° somos recepcionados com muitas flores de lavanda ūüíô

Depois de uma sequ√™ncia de dias secos e calorentos em Curitiba, os c√©us resolveram dar uma pausa no castigo e nos presentear com muitas nuvens, umidade e temperatura agrad√°vel na cidade! ūüíô Foi nesse clima que, muito bem acompanhada pela fam√≠lia de uma amiga querida, visitei o Chiffon Cake, um caf√© charmoso localizado no bairro Hugo Lange.

O Chiffon Caf√© √© um caf√© super aconchegante que nasceu de experi√™ncias gastron√īmicas acumuladas no Jap√£o, trazidas para Curitiba em um espa√ßo novo, onde seus clientes podem apreciar a mistura deliciosa de ingredientes de alt√≠ssima qualidade com o modo de preparo √ļnico de seus doces e salgados gourmet.

Com o slogan "o bolo mais fofo da cidade", o café vende os bolos conhecidos como chiffon, também chamados "bolos nuvem", devido à sua textura leve e fofa. O preparo exige uma série de cuidados por se tratar de uma massa muito delicada; outro fato curioso é a necessidade de deixá-lo virado de cabeça para baixo na hora de esfriar. Eu pesquisei para entender o motivo desse ritual e tudo indica que é para o bolo não murchar. Embora pareça um motivo simples, a loja mostra seus bolos virados com muito orgulho na bancada mesmo, e ali ficam por horas! Segundo o que disseram à irmã da minha amiga, quanto mais deixá-los de ponta-cabeça, mais fofos os bolos ficam.

A primeira reação ao ver a bancada com certeza é "WTF?!"

Muito bem, amiguinhos! Vamos √† primeira regra sobre o que fazer ao conhecer um caf√©: leve um extra de dinheiro. A Chiffon Cake tem pre√ßos justos, ent√£o n√£o √© esse o problema, mas sim eu n√£o prever que poderia querer provar v√°rias coisas... Inclusive, adivinha quem n√£o provou o tal bolo chiffon por conta disso? ¯\_(„ÉĄ)_/¯

E olha, não é pouco vacilo: tinha bolo de banoffi, de morango, de doce de leite, de chocolate... O pessoal falou que a massa era fofinha, super suave e o recheio tinha uma doçura no ponto! Fiquei só chupando o dedo e babando, aiai...



Devia ter levado um desses amiguinhos comigo, snif... ūüėĘ

„ā§„ÉĀ„āī„Āü„Ā£„Ā∑„āä!ūüćď

Bom, apesar dos pesares, tentei aproveitar ao m√°ximo a visita, n√©? Mas claro que os deslizes n√£o pararam por a√≠: eu sabia que iria num caf√© e, ainda assim, almocei tarde! ūüėĒ Resultado, n√£o tive apetite para degustar a coxinha de batata salsa, t√£o recomendada pela irm√£ da minha amiga. Provei um pouquinho e estava delicioso mesmo, mas... Cad√™ a fome, monstro?!

Coxinha de batata salsa, recheada com frango + molhinhos

Já com meu atestado de trouxa colado na testa, ainda assim, tentei aproveitar o que podia: pedi um strudel de maçã de-ve-no (há quanto tempo não comia strudel, meodeos?) e uma gostosura de chocolate quente com licor de laranja!

Chocolate quente com licor de laranja, uma del√≠cia naquele friozinho ūüíô

A gaiolinha! As frutinhas! O sorvetinho! O strudel! OMG ūüėć

A Chiffon Cake também vende potes com os molhinhos - pimenta com palmito, alcaparra e o molho vinagrete - que são servidos junto com os salgados #fikdik.



O ambiente da loja √© muito aconchegante e as cadeiras at√© me lembraram de casas de boneca, todas branquinhas e de madeira. Os pratos s√£o decorados com muita delicadeza e capricho, al√©m do atendimento ser √≥timo. Dependendo da lota√ß√£o da casa - estava cheia quando fomos -, seus pedidos podem demorar um pouquinho a chegar, mas relaxe, pois toda a espera vale muito a pena. ūüíô

Chiffon Cake
Rua Jaime Bal√£o, n¬ļ 138 - Hugo Lange
Tel: 3362-7715
Site oficial | Facebook | TripAdvisor

29.9.15

Chiffon Cake


Eigyou Nika!
Lançamento: 15.09.2015
Elenco: Shingaki Tarusuke×Terashima Takuma
Download: doramabaka2.co.vu

Resumo


"Eigyou nika" significa "segunda divis√£o de vendas" e √© onde justamente Toujou Seiji (CV: Shingaki Tarusuke) e Sakisaka Ayumu (CV: Terashima Takuma) trabalham juntos, por√©m sob circunst√Ęncias um pouco diferentes. Toujou √© um funcion√°rio que se destaca em v√°rios sentidos: al√©m de ser atraente, ainda tem um grande carisma e sempre apresenta √≥timos resultados para a empresa, sendo descaradamente o favorito do chefe do setor. Sakisaka, por sua vez, √© um rapaz bem mediano comparado ao colega, mas ambos se d√£o muito bem.

Esse entrosamento é de longa data, tanto que Toujou está praticamente morando no apartamento de Sakisaka, já que é este quem toma conta do outro no final dos frequentes nomikai. Cuidar de alguém bêbado quase todas as noites parece uma tarefa ingrata, mas, para Sakisaka, é mais do que uma boa desculpa para ficar mais tempo com Toujou, por quem está apaixonado.

A essa altura, Sakisaka j√° estava conformado em nutrir um amor plat√īnico, pois, al√©m de Toujou n√£o ser homossexual, n√£o via algo que os dois tivessem em comum, sen√£o o pr√≥prio trabalho. Todavia,  Toujou tem agido de forma estranha ultimamente, fazendo quest√£o de tocar e abra√ßar Sakisaka sempre que tem a oportunidade, o que o deixa confuso sobre as suas inten√ß√Ķes...

Minha Opini√£o


Alguns meses antes de anunciarem o lançamento do Drama CD foi quando conheci "Eigyou Nika!", enquanto ajudava uma amiga a encontrar o mangá. Além da arte impecável da Kanai Kei, a história em si é muito fofa e, na minha humilde opinião, bem costuradinha.

Eu confesso que fico meio angustiada vendo personagens como o Sakisaka, porque, durante a história, fica bem palpável a sua sensação de inferioridade em relação ao Toujou; inclusive, é por esse motivo que ele fica confuso com as investidas do seu crush - do tipo, "por que alguém tão brilhante como ele ficaria comigo?"

Quanto ao Toujou, eu gosto muito do "gap" entre a sua imagem de profissional competente e o jeitinho todo mimado e grudento que ele só revela para o Sakisaka. Na verdade, ele é um personagem até mais inusitado do que eu consegui descrever aqui e vale a pena ver a interpretação do dublador no Drama CD, já que ele conseguiu deixar isso bem evidente e engraçado!

Falando no Drama CD, a adaptação foi super fiel ao mangá, exceto pela parte do sexo entre os protagonistas. Mas calma, a mudança veio para melhorar, já que eles adicionaram preliminares e otras cositas (picantes) mas, tudo com o aval da própria autora!

Referências


Seme | Toujou Seiji (CV: Shingaki Tarusuke)
Hasebe Heshikiri (Touken Ranbu: Hanamaru), Kite Eishiro (Prince of Tennis), Togusa (Ghost in the Shell: Arise);

Uke | Sakisaka Ayumu (CV: Terashima Takuma)
Ittoki Otoya (Uta no Prince-sama), Shima Kaidou (Super Lovers), Kisaragi Shintaro (Mekakucity Actors).

Confira também


15.9.15

BLCD: Eigyou Nika!


"Haikyuu!!" me conquistou já no primeiro episódio, mas demorei a dar uma chance para o anime. Eu já estava um pouquinho calejada de gostar de anime de esportes depois de "Prince of Tennis", cheio de jogadas bizarras e guerra de egos, então não sabia se aguentaria algo assim novamente.

Felizmente, minha admira√ß√£o por v√īlei falou mais alto e, enfim, posso dizer: que bom que dei essa chance para "Haikyuu!!" A hist√≥ria pode ser simples, mas h√° um capricho no desenvolvimento e os personagens s√£o super carism√°ticos, cada qual do seu jeito. Quanto √†queles pontos que me preocupavam, as jogadas ainda s√£o um pouco dram√°ticas, mas n√£o est√£o fora da realidade do esporte; j√° a disputa de egos existe, mas o que se enfatiza √© a busca pessoal e conjunta pela melhoria das t√©cnicas em prol da vit√≥ria. Fora isso, o autor n√£o deixa passar nenhuma zoeira, mesmo entre aqueles times mais fodas do campeonato, o que quebra algumas tens√Ķes e √© garantia de gargalhada em todo epis√≥dio!


Mas estamos falando de animes de esporte, um dos terrenos mais férteis para a conspiração fujoshi: não, "Haikyuu!!" não escapou e seria realmente difícil ficar indiferente diante da relação dos dois personagens principais, o levantador Kageyama Tobio e o "pequeno gigante" Hinata Shouyou - e, mais que depressa, tratamos de achar um nome para o ship: "KageHina".

Hinata √© o meu beb√™, meu raio de sol - essas s√£o as vari√°veis que uso para me referir a ele nos meus momentos de emo√ß√£o enquanto assisto ao anime. Confesso que fico surpresa com isso, porque nunca tive uma rea√ß√£o t√£o "maternal" com um personagem antes, mas... Ele √© um fofo! √Č contagiante a sua energia e alegria, tenho empatia por sua ingenuidade e seu esfor√ßo, mas ele me assusta um pouco quando est√° mega focado. Em compensa√ß√£o, eu gosto de rir da cara do Kageyama! Apesar de ser todo marrento, essa criatura ainda est√° aprendendo a confiar, observar e lidar com as pessoas, j√° que apenas sabia ser um lobo solit√°rio e n√£o √© disso que Karasuno precisa. Galgando na vida, cada ato o deixa desconcertado e isso √© um deleite para mim.


Acima de tudo, Kageyama s√≥ come√ßou a se dar essa oportunidade depois que certa pessoinha entrou na sua vida como amante de v√īlei e parceiro com o maior aproveitamento, formando a temida dupla din√Ęmica do ataque absurdamente r√°pido e a fa√≠sca para o canon que as fujoshi precisavam. Inclusive, foi a partir disso que elas escolheram a data em homenagem a esse casal: 9/10 - ah, mas essa √© a ordem japonesa (m√™s-dia), logo o certo √© 10 de setembro. E por que esses n√ļmeros? Kageyama √© o n√ļmero 9 no time, enquanto Hinata √© o 10; al√©m disso, essa ordem √© proposital, pois representa a prefer√™ncia majorit√°ria de que o levantador seja o seme e meu beb√™, o uke da rela√ß√£o.

Pois bem! Selecionei alguns dos doujinshi KageHina que mais gosto para comemorar essa data com leituras muito dignas. Espero que goste!

"Kokoro Control" - Parte 1 e Parte 2
Classificação: PG e R-15

Esse √© meu c√≠rculo favorito, quando se trata de KageHina! Todas as est√≥rias, mesmo as mais simples, s√£o muito bem elaboradas e o tra√ßo se harmoniza muito com aquele original do anime. ♥
Em "Kokoro Control", temos Kageyama descobrindo seus sentimentos por Hinata subitamente e temendo por duas coisas: a ruptura de sua amizade e o que seus horm√īnios impulsos podem lev√°-lo a fazer com seu parceiro. Ele tenta se afastar de Hinata, mas o fato de mal poder olhar para o seu rosto afeta seu desempenho em quadra.
Preocupado com a situa√ß√£o, Hinata ignora os avisos de Kageyama e tenta acompanh√°-lo na volta para casa, a fim de saber o que poderia fazer para ajud√°-lo. Kageyama, ent√£o, leva-o para um parque e pede para que Hinata n√£o lhe pergunte o porqu√™ de toc√°-lo, abra√ß√°-lo e beij√°-lo, em troca de se comprometer a n√£o fazer nada que n√£o queira. Vendo que o epis√≥dio da noite anterior refletiu-se num melhor desempenho de Kageyama no treino do dia seguinte, Hinata prop√Ķe que eles continuem com as sess√Ķes na volta para casa. O problema √© que essas "provinhas" acabam surtindo efeito contr√°rio e s√≥ aumentaram a libido do rapaz ainda mais.

Classificação: R-18

Esse é o meu título favorito deste círculo, que me parece ser mais voltado a fazer lemon, então as propostas não são tão elaboradas como as do Bubunhanten. Isso, porém, não prejudica muito a coesão das estórias, colocando o casal tanto em momentos pós-treino, ainda em horário de aula ou no retorno para casa, quanto depois da graduação ou mesmo na vida profissional!
No caso de"Mizunure Chuui!", Kageyama e Hinata ficaram bastante tempo juntos depois das atividades normais do clube para treinar uma nova t√©cnica, mas acabaram pegando uma baita chuva na hora de voltar para casa. Eles param num parque e Hinata come√ßa a pensar em como chegar em casa sem se molhar muito. Kageyama, por sua vez, fica chateado pela ansiedade do parceiro, quando o que mais queria era qualquer desculpa para continuar na sua companhia. Sem contar o motivo, adivinha como Kageyama descarrega seu aborrecimento em Hinata e ainda fica mais tempo com ele? Aham. Mas eles j√° s√£o um casal, √© consensual e √© fofo. ♥

"Sono iro no kakera wo hirotte" - Parte 1 e Parte 2
Círculo: Bubunhanten (Kazukirai)
Classificação: PG e R-18

Volto ao c√≠rculo Bubunhanten, mas decidi colocar esse t√≠tulo por √ļltimo porque tem uma est√≥ria um pouquinho pesada, comparada com as outras duas. Nesta proposta, Hinata flagra Kageyama e "Daiou-sama" Oikawa se beijando. Isso o deixa surpreso, mas n√£o abala sua rela√ß√£o com Kageyama; Hinata apenas fica intrigado para saber qual era a rela√ß√£o dos dois.
No dia seguinte, Oikawa vai para a escola Karasuno e procura por Hinata nas salas de aula; quando ele tenta abord√°-lo, Kageyama interv√©m e pede para Hinata avisar o clube de que se atrasaria para o treino, deixando os corredores na companhia de Oikawa. Agora sim a concentra√ß√£o de Hinata estava abalada, preocupado com o que eles estavam fazendo para Kageyama ter se atrasado. Foi no retorno mais cedo para casa que Kageyama lhe revela: foi Oikawa quem o "iniciou" e os dois tinham transado pouco antes do treino. Tudo come√ßou porque tinha esperan√ßa de que seu senpai o ensinaria alguma t√©cnica de v√īlei, mas isso n√£o aconteceu. Kageyama fala que j√° queria parar com os encontros, o que Hinata n√£o entende, pois ele topou esse √ļltimo convite na escola.
Apenas no outro dia que Hinata soube do motivo, vindo do pr√≥prio Oikawa: Kageyama estava tentando o proteger, pois tinha amea√ßado p√īr as m√£os em Hinata no seu lugar. Sabendo disso, Hinata se desespera e se oferece numa bandeja de prata: "o que eu tenho de fazer para voc√™ desistir do Kageyama?"

10.9.15

10/9: KageHina Day, 2015

O Blog tem Instagram » @subindonolustre

© Subindo no Lustre. Design by Fearne.