27.8.14

BLCD: Vanilla Resort


Vanilla Resort
Lançamento: 27.08.2014
Elenco: Hatano Wataru×Abe Atsushi
Download: doramabaka.info

Rá! Li, reli e pode me listar como uma fã desse mangá! Não é à toa que as minhas mãos coçam pela oportunidade de ouvir os protagonistas em ação, MWAHAHA! >:D
A trama de "Vanilla Resort" apresenta Takeshima Mutsumi (Hatano Wataru), um mangaká de obras eróticas como seme, e o seu angelical veterano de colegial, Teraoka Akiharu (Abe Atsushi), agora trabalhando para ele como housekeeper (desculpe, eu não consigo falar que o rapaz é empregado doméstico... Falam tanto esse termo em japonês que eu já me acostumei :P), como uke. Esse ofício foi ofertado pelo seu kouhai ao encontrá-lo por acidente enquanto estava procurando emprego, o que foi bem conveniente porque todas as suas tentativas de entrevista até então tinham sido falhas e até moradia sob o mesmo teto foi-lhe oferecida. Contudo, ajudar com os desenhos eróticos e depois com as necessidades sexuais do seu benfeitor despertaram sentimentos confusos e difíceis de segurar ou organizar quando o trabalho obriga o convívio a dois diário...

Expectativa


Nunca nutro muita esperança de que os títulos que eu gosto vão ser adaptadas para um Drama CD (se "Rutta to Kodama" não ganhou, não nutrirei esperanças mesmo!), mas, uma vez que fosse, pensava que esta seria mais uma obra da Ootsuki Mui que contaria com o Takeuchi Ken novamente como uke (aliás, "Playzone ~ Nikushoku kareshi to kaikan tenshi" é uma delicinha com esse homi!). Para a minha surpresa e felicidade, o escolhido foi o Abe-san, que, por sinal, está dominando tudo que é título agora! Digo "surpresa", porque essa criatura desapareceu do gênero Boys Love depois da série "Steal!" e de "Hisho Ikuseichuu", logo quando eu estava o colocando na minha listinha rosa e florida dos melhores seiyuus ukes desta vida ele estava fugindo justamente de mim, né. Que bom que você voltou, rapaz! Mas se solte mais com o meu ukezinho de "Vanilla", ok? XD

Review depois de ouvir


 Então, gostei bastante da interpretação dos personagens, embora tenha achado meio estranho o tom de voz todo fininho e atrapalhado que o Hatano-san adotou para aquele cara enorme - de munição proporcional ( ͡° ͜ʖ ͡°) - que é o seme. Não sei se faria tão diferente essa adaptação, mas, se era para ser assim, acho que elencaria o Maeno Tomoaki para interpretá-lo. Acho que ele conseguiria passar aquela insegurança do personagem, porém sem perder tanto o "poder ofensivo", até porque ele fica um pouquinho (um TIQUINHO) mais assertivo no segundo volume do mangá.

E, falando nele, eu tenho de dizer que a minha empolgação lá em cima com esse Drama CD se deu pelo conjunto da obra (volumes 1 e 2). Escrevi daquela forma antes de saber que essa adaptação corresponderia somente ao primeiro volume, que é infinitamente "chocho" em relação ao segundo, na minha opinião. Então, para ser justa com o título, seria necessário que eu escrevesse uma resenha a respeito DEPOIS que saísse o segundo Drama CD. Contudo, para a minha mais nova aflição, ainda não se tem nem sopro de notícia de quando o bendito será lançado. Mé. :(

Postar um comentário

O Blog tem Instagram » @subindonolustre

© Subindo no Lustre. Design by Fearne.